6 conselhos para aprender novo idioma

Com as novas medidas para este período de isolamento social, faça como muitas pessoas, estão aproveitando a chance para aprender algo novo, como por exemplo, estudar um novo idioma.

Se você sonha em desenferrujar o inglês, começar o italiano, falar francês ou dar a oportunidade a algum outro idioma, aproveite nossas dicas abaixo:

  1. Não desanime antes de começar – Vamos tirar os pontos negativos do caminho. Há aqueles que ficam desanimados com pesquisas que apontam que perdemos a nossa capacidade de desenvolver fluência em um idioma após uma certa idade. Você pode cometer alguns erros gramaticais, mas a sua idade não é uma barreira para aprender o vocabulário de um novo idioma em um alto nível.
  2. Você pode aprender a aprender – Aprender um idioma talvez seja mais fácil para uns do que para outros, mas não é uma habilidade que apenas certas pessoas têm. Isso é fruto da curiosidade e do esforço. E para milhões de pessoas em todo o mundo é uma necessidade.
  3. Por onde começar? – Importante iniciar com algumas palavras de saudações básicas para iniciar o treino com a língua e os ouvidos, além disso, vai permitir você se acostumar ao som e ao ritmo do idioma. Depois, leia um livro no idioma escolhido e para complementar faça algum curso do idioma. O importante é fazer um mapa mental do vocabulário. É muito importante que você use todos os dias o idioma que quer aprender.
  4. Conviva com o idioma – A melhor maneira de aprender um idioma é quando você não sente que tá aprendendo. Como? Lendo ou vendo filmes no idioma que pretende dominar. O tom da voz, as expressões faciais e a linguagem corporal que acompanham determinadas frases podem ajudar a transmitir um significado, por exemplo. Além disso, essas situações vão te expor a uma pronúncia precisa, com diferentes acentos e dialetos, e às diversas formas com que os falantes nativos usam para conversar. Compreender esse aprendizado como uma forma de abrir as portas de uma nova cultura pode ser realmente motivador.
  5. Pratique pouco e com frequência – Com uma vida profissional e pessoal agitada, encontrar tempo para se comprometer com um novo idioma pode ser um desafio. Mas especialistas concordam que, com uma hora de dedicação por dia ao novo idioma, é possível progredir de modo significativo se você conseguir dedicar uma hora por dia ao idioma escolhido. Praticar pouco e com frequência é uma forma de aprendizado mais produtiva do que em períodos mais longos, porém mais esporádicos.
  6. Quanto mais idiomas, melhor – Falar mais de um idioma traz benefícios que vão além da alegria de poder se comunicar com mais pessoas, as pesquisas mostram que, as pessoas bilíngues costumam aprender idiomas mais rapidamente que aqueles que falam apenas uma língua. E não é só isso, há estudos que indicam que, pacientes vítimas de Acidente Vascular Cerebral (AVC) que falam mais de um idioma têm mais probabilidades de recuperar suas funções cognitivas que aqueles que falam apenas uma.

O que não falta é respaldo científico para quem deseja melhorar as habilidades em um idioma – seja para assistir a filmes estrangeiros sem legendas, descobrir literatura de todo o mundo, falar com novas pessoas, ou apenas para dar impulso ao seu cérebro.

Aqui na Challenges você tem a oportunidade de praticar 6 idiomas e contar com todo o apoio de nossos professores nativos. Quer saber mais? Entre em contato agora com a nossa equipe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Olá!

Clique para falar com um dos nossos representantes no WhatsApp ou envie uma mensagem via email para recepcao@challenges.com.br

× Como posso te ajudar?